Com menos imóveis à venda, feirão em BH começa nesta sexta-feira


Começa nesta sexta-feira (26) e vai até o domingo (28) a 13ª edição do Feirão da Caixa, no Expominas, em Belo Horizonte. Dez mil imóveis, entre 7.000 novos e 3.000 usados, serão ofertados. O número de unidades à venda no evento diminuiu 47,4%. Segundo a Caixa, há um ano, a oferta foi de 19 mil na capital mineira.

A redução na oferta, considerando-se todo o Brasil, foi menor que em Belo Horizonte. Serão oferecidos 228 mil imóveis no país; no ano passado foram 241 mil. O foco do Feirão são imóveis de até R$ 235 mil, direcionados, principalmente, ao Minha Casa Minha Vida.


Segundo o diretor regional da Caixa, Roberto Bachmann, mesmo com essa queda na oferta, o banco espera que o valor dos negócios realizados seja o mesmo que o ano passado. “Esperamos repetir o valor do ano passado, que foi de R$ 480 milhões em contratos fechados”, comenta.


Bachmann explica que 12% dos contratos de financiamento fechados pela Caixa durante o ano foram feitos nos dias do Feirão. “É um lugar efetivo onde nós podemos reunir quem quer comprar e quem quer vender com o máximo de comodidade ao cliente. A indústria da construção civil representa 8% do PIB no Brasil, e o setor contribui com a geração de emprego e reaquece a economia”, disse. Em Minas Gerais, o banco conta com um orçamento de R$ 8,4 bilhões para financiar a compra e a construção de imóveis neste ano. No Brasil, é de R$ 84 bilhões.


O vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antônio, afirmou que não há previsão de alterações no orçamento de crédito disponível no Brasil, mesmo diante do cenário de incertezas políticas e econômicas.

A expectativa do banco para o Feirão é movimentar, nacionalmente, ao menos R$ 10,5 bilhões em vendas neste ano, repetindo o desempenho do ano passado. Caso se confirme, será o primeiro ano de estabilidade no evento, após uma série de quedas. Em 2015, foram R$ 11 bilhões vendidos, enquanto em 2014 esse montante chegou a R$ 15,6 bilhões.


Segundo o vice-presidente, as moradias tiveram baixa nos preços, mas devem voltar a subir em breve, refletindo o movimento de recuperação da economia. “O cenário econômico é altamente favorável para a aquisição dos imóveis”, ressaltou.


A administradora Mayara Lages, 25, e o noivo, o tatuador Julio Rodrigues, 32, irão se casar em agosto. “Ainda não definimos onde vamos morar. Espero que no Feirão da Caixa eu consiga definir. Pelo nosso orçamento, podemos financiar um imóvel de até R$ 180 mil”, disse.


Já o publicitário Felipe Rodrigues Ramos, 33, comprou um apartamento há dois anos, no Feirão. “Eu e minha mulher olhamos um apartamento na planta no bairro Camargos e, no Feirão, vimos que podíamos comprar. Mesmo não tendo o benefício do Minha Casa Minha Vida, conseguimos o financiamento”.


Serviço


Onde e quando. Feirão Caixa da Casa Própria acontece de 26 a 28 de maio, no Expominas, a partir das 10h. Interessados devem levar RG, CPF e comprovantes de renda e residência.

CUIDADO COM AS ARMADILHAS DO FEIRÃO

O presidente da Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG), Silvio Saldanha, reuniu algumas dicas para que o possível comprador não caia em ciladas no Feirão da Casa Própria: - Não se contagie pela empolgação do ambiente. Deixe a emoção de lado e aja com racionalidade, pois é um longo compromisso.


- Defina o tipo de imóvel desejado antes de ir ao feirão.


- Consulte um profissional especializado antes de assinar qualquer documento.


- Conheça a proposta no evento, mas assine fora dele, com tempo suficiente para uma análise completa e visita ao imóvel.

- Certifique-se de que todos que irão compor a renda estejam com o nome limpo. O financiamento só será aprovado depois que a situação for regularizada.


- Tenha planejamento financeiro. Saiba quanto pode pagar nas parcelas, antes de ir às compras.


- Coloque tudo por escrito, e fique atento para as taxas que serão cobradas durante o período de construção, se o imóvel desejado ainda estiver na planta.


Reportagem de O Tempo



Últimas Notícias
Arquivo de Notícias

AMMMG - ASSOCIAÇÃO DOS MUTUÁRIOS E MORADORES DE MINAS GERAIS 

Av. Amazonas, 2452 A - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG CEP: 30180-012

(31) 3339-7500 - WhatsApp (31) 99229-0008