Caixa facilita acesso a crédito para imóvel usado

Consumidor deve redobrar a atenção com documentação e condições estruturais


Comprar um imóvel usado pode ser uma boa opção para quem está com pressa de sair do aluguel, mas ainda tem pouco dinheiro no bolso. Além dos preços mais baixos e maior oferta em comparação com os imóveis novos, a Caixa Econômica Federal facilitou, no início deste ano, a obtenção de crédito para as unidades usadas, aumentando o limite de financiamento de 50% para 70%. Ou seja, a entrada exigida para conseguir empréstimo no banco caiu para 30% do valor total do bem.


O presidente da Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG), Silvio Saldanha, afirma que uma das maiores vantagens em se comprar um imóvel usado é a margem de negociação, já que é possível barganhar direto com o proprietário. “Muitas vezes, o dono precisa vender logo a casa para pagar uma dívida e acaba dando um bom desconto, principalmente para quem tem dinheiro para pagar à vista”, explica.


No entanto, Silvio Saldanha aponta que a compra de um imóvel usado exige maior cautela, sobretudo em relação às condições estruturais e documentação do imóvel. Veja abaixo 5 dicas da AMMMG para não se enfiar em uma enrascada na hora de realizar o sonho da casa própria.




1- Faça uma vistoria detalhada


Preste bastante atenção no estado de conservação do imóvel. Verifique se há rachaduras, infiltrações, mofo ou problemas no acabamento, como pintura descascada e falhas no piso. Teste todas as torneiras, chuveiros, vasos sanitários, lâmpadas e tomadas e peça ajuda profissional para verificar as instalações elétrica e hidráulica. Exija que o vendedor conserte os defeitos antes de fechar a compra do imóvel ou pelo menos garanta um bom abatimento no valor proposto.


2- Converse com seus futuros vizinhos


Quando for visitar o imóvel, não se esqueça de dar uma volta pela vizinhança e conversar com os moradores do bairro. Pergunte se o lugar é muito barulhento, se tem histórico de enchentes e alagamento e se área é segura. Aproveite para conhecer a infraestrutura no entorno do imóvel, como acesso a transporte público, escolas e comércio.


3 - Avalie as condições do condomínio


Se estiver procurando um apartamento, converse com o síndico sobre a situação geral do condomínio para evitar surpresas com cotas extras, obras e inadimplência. Observe se tudo o que é oferecido na área de uso comum, como salão de jogos e área gourmet, está em pleno funcionamento.


4 - Considere os gastos extras


Avalie se será necessário investir em pequenas reformas para deixar o imóvel com a sua cara, como pintura e troca de piso. Faça os cálculos e pondere se vale a pena. Lembre-se que, além do valor do imóvel, também há outras despesas como a taxa para registro e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que podem chegar a 4% do valor do bem.


5- Confira a documentação


A compra de um imóvel usado exige mais cuidado e atenção na checagem dos documentos. No cartório de registro de imóveis, solicite cópias da escritura, da matrícula atualizada, e da certidão negativa do bem. É importante checar, principalmente, se não há hipotecas ou dívidas pendentes que possam causar a perda do imóvel futuramente. Se não entender do assunto, procure ajuda especializada. Na Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG), o atendimento é totalmente gratuito.


Serviço

Endereço: Associação dos Moradores e Mutuários de Minas Gerais (AMMMG) –

Avenida Amazonas, 2.463, Santo Agostinho. Belo Horizonte.

Telefone: 3339-7500 /WhatsApp (31) 99229-0008


Tags:

Últimas Notícias
Arquivo de Notícias

AMMMG - ASSOCIAÇÃO DOS MUTUÁRIOS E MORADORES DE MINAS GERAIS 

Av. Amazonas, 2452 A - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG CEP: 30180-012

(31) 3339-7500 - WhatsApp (31) 99229-0008