10 dicas para aproveitar o Feirão Caixa sem cair em cilada

18/05/2018

Quem está planejando comprar um imóvel poderá encontrar boas opções no Feirão Caixa da Casa Própria, que começa nesta sexta-feira (18) em Belo Horizonte. Até domingo (20), mais de 13 mil imóveis novos, 600 usados e 60 empreendimentos estarão em oferta no Expominas, segundo a Caixa Econômica Federal. Em um único espaço, os visitantes poderão entrar em contato direto com construtoras e imobiliárias, analisar as propostas e solicitar crédito para financiamento pelo banco.

 

O presidente da Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG), Silvio Saldanha, acredita que o evento é uma boa oportunidade para adquirir a casa própria, mas alerta que é preciso foco e cautela antes de fechar negócio. Veja abaixo 10 dicas do especialista em assuntos imobiliários para não cair em armadilhas na hora de comprar um imóvel no Feirão Caixa.

 

 

1- Tenha em mente o imóvel que quer comprar antes de ir ao feirão. Defina a melhor localização, o tamanho ideal, a quantidade de quartos e, principalmente, reflita sobre quanto você tem no bolso. O feirão estará cheio de opções, mas é preciso deixar a emoção de lado e escolher um imóvel que se enquadre em suas reais necessidades.

 

2- Faça um planejamento financeiro. Se for financiar, consiga o maior valor possível para a entrada e certifique-se que seu orçamento comporta as parcelas previstas. Lembre-se que, se houver atraso no pagamento de três prestações do financiamento no futuro, o banco poderá retomar seu imóvel por inadimplência, sem a necessidade de uma ação judicial.

 

3- Pesquise as taxas de juros. A Caixa Econômica Federal reduziu os juros para crédito habitacional, mas o movimento também foi seguido por outros bancos. Observe principalmente o Custo Efetivo Total (CET), que engloba também taxas administrativas e seguros.

 

4- Se estiver interessado em um imóvel na planta ou em construção, faça uma pesquisa sobre a situação financeira da construtora. Consulte o Procon e sites de reclamação para checar se não há problemas com outros consumidores e empreendimentos.

 

5- No caso de imóveis na planta, é importante observar também se existe a cobrança da taxa de evolução da obra, que são os juros do empréstimo feito pela construtora com o banco para financiar o empreendimento. Esses juros são repassados para o consumidor durante a fase de construção, podendo chegar ao valor da parcela. A quantia paga nesse período não é abatida da dívida do financiamento feito pelo mutuário.

 

6- Se estiver de olho em um imóvel usado, avalie se será necessário investir em reformas, como alterações em instalações elétricas e hidráulicas, pintura e troca de piso. Pergunte se não há dívidas com IPTU e condomínio em aberto e tenha tudo por escrito.

 

7- Cuidado com os leilões! Nesta edição do feirão, serão realizados dois leilões de imóveis durante o evento, um na sexta-feira e outro no sábado. São 386 unidades disponibilizadas a preços atrativos, mas os interessados devem redobrar a atenção porque muitas ainda estão ocupadas por antigos moradores, que perderam a propriedade do bem por inadimplência. Se o ocupante não quiser sair do imóvel amigavelmente, o comprador terá que solicitar o despejo por meio de uma ação judicial, que poderá ser bem demorada.

 

8- Negocie! Não se impressione com o primeiro preço que o corretor pedir. Verifique se o valor está dentro da faixa de mercado e compatível com imóveis similares na região. Não tenha vergonha de barganhar!

 

9- Guarde todos os panfletos, anúncios e propostas feitas pelos vendedores em documento formal da empresa, com carimbo e assinatura. O material poderá ser usado como prova judicial, em caso de problemas futuros.

 

10- Avalie as propostas no evento, mas não assine o contrato imediatamente. Volte para casa e analise tudo com a cabeça fria. Faça questão de visitar o imóvel presencialmente antes de fechar a compra e procure um especialista em direito imobiliário para revisar a documentação.

 

O Feirão Caixa da Casa Própria será realizado nos Pavilhões I e II do Expominas (Av. Amazonas, 6200, Gameleira), na sexta e no sábado, das 10h às 20h, e no domingo, das 10h às 18h.

 

Sobre a AMMMG:

A Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG) oferece consultoria gratuita em assuntos relacionados a imóveis e direito imobiliário. Os consumidores interessados podem entrar em contato pelo telefone (31) 3339-7500 ou pelo WhatsApp (31) 99229-0008. A AMMMG está localizada na Avenida Amazonas, 2463, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte.

 

Tags:

Please reload

Últimas Notícias
Please reload

Arquivo de Notícias
Please reload

AMMMG - ASSOCIAÇÃO DOS MUTUÁRIOS E MORADORES DE MINAS GERAIS 

Av. Amazonas, 2452 A - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG CEP: 30180-012

(31) 3339-7500 - WhatsApp (31) 99229-0008