Caixa aumenta limite de financiamento para servidor público

Os servidores públicos poderão financiar um valor maior pela Caixa Econômica Federal na compra de um imóvel usado. O banco aumentou o limite de financiamento de 70% para 80%, ou seja, a entrada mínima exigida para comprar um usado e conseguir crédito pela estatal caiu de 30% para 20%, como já é utilizado para as unidades novas.


Segundo a Caixa, a alteração tem como objetivo facilitar o acesso à casa própria e estimular o mercado imobiliário, beneficiando o segmento que tem a menor taxa de inadimplência e relacionamento de longo prazo com a instituição. Os demais clientes continuarão a financiar até 70% do valor de imóveis usados e 80% no caso de imóveis novos.


Veja abaixo algumas dicas da Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG) para fazer um bom negócio na compra de um imóvel usado.


1- Faça uma vistoria detalhada


Preste bastante atenção no estado de conservação do imóvel. Verifique se há rachaduras, infiltrações, mofo ou problemas no acabamento, como pintura descascada e falhas no piso. Teste todas as torneiras, chuveiros, vasos sanitários, lâmpadas e tomadas e peça ajuda profissional para verificar as instalações elétrica e hidráulica. Exija que o vendedor conserte os defeitos antes de fechar a compra do imóvel ou pelo menos garanta um bom abatimento no valor proposto.


2- Converse com seus futuros vizinhos


Quando for visitar o imóvel, não se esqueça de dar uma volta pela vizinhança e conversar com os moradores do bairro. Pergunte se o lugar é muito barulhento, se tem histórico de enchentes e alagamento e se área é segura. Aproveite para conhecer a infraestrutura no entorno do imóvel, como acesso a transporte público, escolas e comércio.


3 - Avalie as condições do condomínio


Se estiver procurando um apartamento, converse com o síndico sobre a situação geral do condomínio para evitar surpresas com cotas extras, obras e inadimplência. Observe se tudo o que é oferecido na área de uso comum, como salão de jogos e área gourmet, está em pleno funcionamento.


4 - Considere os gastos extras


Avalie se será necessário investir em pequenas reformas para deixar o imóvel com a sua cara, como pintura e troca de piso. Faça os cálculos e pondere se vale a pena. Lembre-se que, além do valor do imóvel, também há outras despesas como a taxa para registro e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que podem chegar a 4% do valor do bem.


5- Confira a documentação


A compra de um imóvel usado exige mais cuidado e atenção na checagem dos documentos. No cartório de registro de imóveis, solicite cópias da escritura, da matrícula atualizada, e da certidão negativa do bem. É importante checar, principalmente, se não há hipotecas ou dívidas pendentes que possam causar a perda do imóvel futuramente. Se não entender do assunto, procure ajuda especializada. Na Associação dos Mutuários e Moradores de Minas Gerais (AMMMG), o atendimento é totalmente gratuito.


Endereço: Associação dos Moradores e Mutuários de Minas Gerais (AMMMG) –Avenida Amazonas, 2.463, Santo Agostinho. Belo Horizonte.

Telefone: 3339-7500 /WhatsApp (31) 99229-0008


Tags:

Últimas Notícias
Arquivo de Notícias

AMMMG - ASSOCIAÇÃO DOS MUTUÁRIOS E MORADORES DE MINAS GERAIS 

Av. Amazonas, 2452 A - Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG CEP: 30180-012

(31) 3339-7500 - WhatsApp (31) 99229-0008